Uma criança de apenas 6 anos de idade foi assassinada com requintes de crueldade no município mineiro de Divinópolis. Amanda Calais foi vítima da própria vizinha da família que, por desejo de vingança contra a mãe da menina, realizou o crime.

Sara Maria de Araújo, de 38 anos de idade, confessou o homicídio, dando detalhes de como tudo aconteceu. Inicialmente, após aliciar a garota até a sua residência, tentou enforcá-la com um fio. Na sequência, afundou a cabeça da criança em um balde de água e, por fim, arremessou o corpo do segundo andar da casa.

Ambas costumavam brincar juntas, por conta da proximidade de suas casas. No momento da execução do homicídio, a criança foi deixada em um cômodo a parte por Sara Maria de Araújo, com um celular, para entreter-se e não presenciar o crime.

A assassina da criança criou um ímpeto de vingança, por acreditar que a mãe da vítima havia, dias atrás, acionado o Conselho Tutelar para a sua residência. Revoltada, ela conseguiu atrair Amanda para a sua casa, onde executou o crime. As informações são do delegad

O Crime

O inquérito policial apurou que a pequena Amanda foi atraída para a residência de Sara por volta das 19 horas, quando retornava do colégio. No momento, a criança estava brincando no quintal de uma casa que fica de frente para a sua.

Após levá-la para o interior do imóvel, a vizinha conduziu a criança para um quarto, e a enforcou com um fio. A agressão deixou a criança desacordada, mas ela permaneceu viva. Com isso, Sara pegou um balde com água, e afundou a sua cabeça. Por volta da meia-noite, a assassina enrolou o corpo da criança em um cobertor, e arremessou do segundo andar, por uma janela.

Fonte: mceara.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui