A onda de violência vem preocupando os cidadãos. Diante de tantos assassinatos e de tanta barbárie, a população pára e se pergunta: por que tanta violência? Será que as pessoas ainda se sensibilizam com ações violentas ou isso já se tornou normal? O que atrai tanto homens adultos e jovens para o crime? O que a sociedade deve fazer para driblar a violência?

A resposta para tais perguntas está em uma percepção da vida social, que é resultante daquilo que a pessoa encontra em termos reais de sobrevivência. E a sobrevivência hoje enfrenta não só a violência, mas também problemas educacionais, desigualdade, o preconceito racial e de classe entre outros.

O crime desta madrugada: Na madrugada deste domingo (11), mais um crime aconteceu em Ji-Paraná (RO), a polícia agiu rápido e conseguiu capturar o criminoso. Matheus David Neto, de 40 anos, confessou o crime numa frieza tamanha. Ele disse que matou Enídio da Silva que estava dormindo, sem chance de se defender, usando uma barra de ferro e pedaços de madeiras, porque estava sendo ameaçado.

Enídio era morador de rua, assim como Matheus, mas o criminoso disse que matou porque era ameaçado por espaço, por divida e por insultos.

Por que tantos crimes

Crimes como esse vem acontecendo em todo o país e ocorrem em todo o planeta. Mas não só ocorre quando se tem ameaças, acontecem por ganância ao dinheiro, poder, inveja, ciúmes, discussão, bebedeiras, por dívidas, por roubo, medo, inseguranças e drogas.

A droga mata

Segundo informou o site Rondônia Real, Matheus é usuário de droga. Quando a coragem não é suficiente, é preciso pedir ajuda à química. Talvez se não tivesse drogado, Matheus não mataria um indefeso (dormindo).

Você gostaria de morrer matado?

Será que não é hora da humanidade parar, e analisar se vale a pena ou não matar por coisas tão banais?

Que Deus nos dê a capacidade de respeitarmos a vida e amarmos as pessoas, inclusive os nossos inimigos. Tenha em Deus.

Morador de rua é brutalmente assassinado enquanto dormia na calçada, em Ji-Paraná

Por: Donizete JCV
Foto: Rondônia Real

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui