Um morador de Espigão do Oeste, a aproximadamente 532 km de Porto Velho, capital do estado de Rondônia, Irineu Schramm, 47 anos, publicou nas redes sociais, colocando a venda seu veículo. Com a publicação, surgiram duas pessoas interessadas em adquirir seu carro, identificado-se como Antonio e outro Fernando.

Segundo relatado pela vítima, o homem que se identificou como Fernando, realizou todo negócio com a vítima, na tarde da última segunda-feira (05), inclusive indo até sua residência para tratarem do assunto, após conversas por telefone na semana anterior. Depois de concluir a negociata, Fernando teria comunicado para seu irmão a conclusão do negócio, onde este ligou para a vítima, informando que seu pai estaria se dirigindo ao banco para realizar o depósito, que assim, quando realizado seria comunicado para confirmação da vítima.

Após o suposto irmão confirmar a transação, Irineu se deslocou até a agência bancária para confirmar o depósito, onde constatou que o havia recebido, porém tratava-se de um depósito em cheque. A vítima procurou um funcionário da sua agência bancaria para verificar a situação do cheque, sendo informado por este que essas informações seriam possíveis somente após 24 horas da transação.

Como o valor estava em sua conta, mesmo bloqueado, a vítima entregou o veículo ao suposto comprador, que se identificou como Fernando, sendo levado um VW/Fox 1.6 GII, ano 2011/2012, de cor prata, com as placas NDA 7258 de Espigão do Oeste-RO.

Suposto comprador que se identificou como Fernando, na casa da vítima. – Foto: Divulgação/Arquivo da vítima

Passado o tempo informado pelo servidor do banco para obter informações sobre o cheque, Irineu se dirigiu até a agência na manhã de hoje, quarta-feira (07), onde foi informado que o cheque que foi depositado em sua conta, como forma de pagamento ao seu veículo, havia sido devolvido pelo motivo 25, ou seja, cancelamento de talonário.

Com as informações do titular da conta, de onde foi emitido o cheque, obtidas junto ao banco, a vítima fez contato telefônico com o mesmo, onde este informou que teve seu bloco de cheques furtado na cidade de Várzea Grande-MT, e que já era segunda pessoa a ser vítima com cheques em seu nome.

Para a reportagem do site Sabino Sonorização, Irineu disse que o suposto comprador se disse morador de São Felipe, na Linha 208. Disse que o cheque usado pelos infratores está em nome de Claudinei de Arruda e Silva.

A vítima registrou o caso na manhã de hoje (07) na UNISP de Espigão do Oeste, onde a Polícia Civil fica a cargo de investigar o caso.

Em caso de você avistar o veículo, entre em contato com a Polícia Militar, através do 190 ou com Irineu Schramm pelo telefone (69) 9 9360-6286,  informando o paradeiro do veículo.

Fonte: Sabino Sonorização | Edson S. Ullig – DRT:1786/RO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui