JBS Prevenção a Covid-19

 

Durante a noite da última terça-feira (14), a Polícia Militar do 10º Batalhão, no município de Novo Horizonte do Oeste/RO foi acionada via telefone de emergência a atender uma ocorrência, em uma residência, localizada no centro da cidade, onde as informações constantes na denúncia davam conta de que uma criança estava sendo agredida, pois se ouvia gritos de adulto e choro e desespero de uma menina.

Imediatamente uma equipe de Radiopatrulha da PM foi ao local e em contado com a proprietária da residência a mesma confessou ter agredido sua filha de 3 anos de idade. De acordo com os militares, a criança apresentava várias escoriações pelo corpo, hematoma no antebraço, lesões na face e cicatrizes na região lombar.

A mãe da criança, de 20 anos de idade foi encaminhada até a Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP), em Nova Brasilândia do Oeste para registro de ocorrência policial. A acusada foi flagranteada pelo Delegado de plantão.

O padrasto da criança também é apontado como suspeito nas agressões.

A criança foi encaminhada ao Hospital Municipal com apoio de Conselheiros Tutelares da cidade para cuidados médicos.

Já no hospital foi constatado sérias lesões na menina e de acordo com a Secretaria de Assistência Social do município de Novo Horizonte foi informado que a criança foi encaminhada com urgência a uma unidade hospitalar, em Cacoal.

“Ela é muito teimosa não me obedece, a gente bate nela porque não obedece, tem que estar falando toda hora, de vez em quando bato nela, hoje bati nela de chinelo”, relatou a mãe da criança junto à polícia.

Fonte: Alerta Rolim
Imagem: Ilustrativa

Trimestrão da Sortes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui