JBS Prevenção a Covid-19

 

As cotações da maior parte dos produtos avícolas levantados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) estão em baixa. Segundo pesquisadores, apesar de as primeiras semanas do mês serem geralmente caracterizadas por aquecimento na demanda e pelo consequente aumento nos valores, devido ao recebimento de salários, o cenário foi diferente em abril.

Com restaurantes, escolas e bares fechados e com as atividades limitadas devido a pandemia de coronavírus, a demanda por carne está enfraquecida. Com isso, a indústria adquire com cautela novos lotes de animais para abate e reajusta negativamente as cotações. Em contraste à baixa liquidez no mercado doméstico, os embarques de carne de frango in natura estão aquecidos.

Segundo dados parciais da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), a média diária das exportações foi de 17,43 mil toneladas entre 1º e 9 de abril, elevação de 18,1% frente à média verificada em março.

De acordo com indicador Cepea/Esalq do estado de São Paulo, o quilo do frango congelado no atacado estava em R$ 4,18 até quinta, 16, com baixa de 13,81% para abril. Para o mesmo período, o quilo do frango resfriado marcava 4,14 com queda de 11,35% no mês.

Trimestrão da Sortes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui