Após 47 dias internado, Gabriel Ângelo Soares, 30 anos, o homem que se jogou do viaduto de Pimenta Bueno na tarde do dia 15 de junho, recebeu alta da UTI do Hospital onde estava internado na manhã da ultima quinta-feira (01), em Porto Velho.

Ele foi transferido para a Capital no dia 26 de junho, após uma ação civil impetrada pela Defensoria Pública para garantir o atendimento médico adequado. Gabriel passou 34 dias na UTI.

De acordo com familiares, Gabriel foi transferido às custas do Estado para o Hospital Samaritano, e logo depois, ao Hospital João Paulo II. Agora, o paciente está no Hospital 9 de Julho, custeado pela família, continua sob os cuidados médicos, mas no quarto. Ele respira sem a ajuda de aparelhos.

O homem toma remédios controlados, é morador de Porto Velho e desapareceu na tarde do dia 13 de junho, quando saiu de casa por volta das 12 horas e não deu mais notícias para a família. Familiares e amigos se revezaram e iniciaram buscas por vários bairros da cidade onde ele costumava frequentar.

Após dois dias desaparecido, os familiares foram surpreendidos com a notícia de que Gabriel teria se jogado do viaduto de Pimenta Bueno. Ele foi levado para o hospital de Pimenta Bueno, mas horas depois precisou ser transferido para Cacoal em estado grave.

No dia 20 de junho, pai e irmã de Gabriel o visitaram no hospital e ao ouvir a voz do genitor, ele apresentou os primeiros sinais abrindo os olhos. O médico que acompanhava o paciente, disse que o caso era bastante grave, mas caminhava bem, e o prognóstico era considerado bom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui